Desajeito

Desajeito

Esse jeito meu, sem jeito, de dizer meus jeitos, são jeitos tortos de dizer o que quero. O jeito que eu quero, pode não ser o jeito certo, mas até eu dar um jeito de me ver de jeito que o outro jeito seja o jeito melhor que meu jeito, meu jeito incerto se torna aperto e eu me aperto, e aperto, perto, às vezes me perco, por medo de perder, sem jeito de dizer, que jeito! Me ajeito… E, desajeito, torto, não ajeito, erro, emperro, enjeito, rodeio… Mas, no fim, dá-se um jeito, e a despeito a falta de jeito, do fundo de meu peito, só posso dizer: te amo!!!! mesmo que do meu jeito…


Chronos Phaenon Eosphoros
18/03/2008

Anúncios

Polissemize

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s