Vivendo o Deus Cornífero na Religião da Deusa

Filho, Amante & Sábio

Pode parecer contraditório existirem Sacerdotes, homens, numa religião que é radicalmente feminina e matrifocal, como a Wicca, principalmente quando falamos da Wicca Diânica.

A Deusa existiu desde o início, sendo incriada ou autocriada. O Deus veio da Deusa. É seu Filho, criado para ser seu Amante e Sábio conselheiro. Por outro lado, os Sacerdotes, bruxos Wiccanianos, são canais para a expressão desse Deus. Assim, é nossa função viver essas faces, Filho, Amante e Sábio, perante nossas Sacerdotisas.

Somos seus Filhos quando nos colocamos sob sua liderança, com Amor, Confiança e Respeito. Seguimos felizes as orientações das Matriarcas, cientes de que sua voz é a voz da Deusa, e que Ela nos transmite, através delas, seu Amor, sua Lei, sua Sabedoria, sua Liberdade e seu Conhecimento.

Ser Filho da Deusa é ser amado por Ela, se sentir acolhido e acalentado. Ser Filho da Deusa é retribuir a ela esse amor na forma de serviço incondicional. Ser Filho da Deusa é tratar suas Sacerdotisas como Mães, como de fato são. Ser Filho da Deusa é perdoar em suas Sacerdotisas suas atitudes que nos pareçam erradas, confiantes de que a falha está em nossa percepção, não na ação da Deusa através delas.

Ser Filho da Deusa é ser o Eterno Buscador. É caminhar pelo mundo, aberto às experiências que a Deusa nos queira dar. É aceitar cada passo como parte do Caminho, sabendo que o caminhar não é meio, mas fim. É receber da Deusa seu amor, suas dádivas, seus sinais.

Somos seus Amantes quando nos colocamos ao seu lado, com Amor, Confiança e Respeito. Compartilhamos felizes seu Sacerdócio, emprestando- lhes a sustentação de nossas pernas, a força de nossos braços e o poder de nossa voz. Nos damos a ela através da Sexualidade Sagrada, de nosso Orgulho, de nosso próprio Ser, de nosso Poder e Paixão.

Ser Amante da Deusa é retribuir seu amor, de forma plena e irrestrita. Ser Amante da Deusa é tratar suas Sacerdotisas como Mulheres, plenas em sua beleza. Ser Amante da Deusa é apoiar suas Sacerdotisas em todas as suas ações, sem julgamento de mérito.

Ser Amante da Deusa é ser o Sagrado Governante. É moldar o mundo e se moldar a ele, que é o Corpo da Deusa, se libertando dos grilhões pessoais enquanto vivemos a Sagrada União. É exercer no mundo o julgamento, transformando em obra sagrada tudo aquilo em que tocamos.

Somos Sábios quando somos o Espelho no qual a Deusa se mira para se compreender. Expressamos no mundo características da Deusa, em modos e formas quempreensíveis para seu discernimento. Somos Sábios quando espelhamos no mundo suas Ambições, sua Soberania, seu Amor-Próprio, sua Força e sua Determinação.

Ser Sábio com a Deusa é amar suas Sacerdotisas, com carinho e compreensão. Ser Sábio com a Deusa é tratar suas Sacerdotisas como nossas Iguais, origem do que de fato somos. Ser Sábio com a Deusa é apontar a suas Sacerdotisas os obstáculos e facilidades do Caminho, para que elas possam tomar conscientes suas decisões.

Ser Sábio com a Deusa é ser o Senhor do Submundo. É morrer todas as pequenas mortes, é caminhar na Sombra, é guiar a Deusa pela mão em Sua descida. Mas é também renascer, voltar ao mundo na Criança da Promessa.Ser Filho, ser Amante e ser Sábio são funções do Sacerdócio. Não há nada de fácil em exercê-las. Há dores, há tristezas e desilusões nesse caminho. Mas também há prazer, felicidade e iluminação. Buscar, se libertar, moldar, morrer e renascer a cada roda, a cada dia, a cada respiração. Esse é o caminho do Deus, é o Caminho que trilhamos, Sacerdotes da Deusa.

Anúncios

Polissemize

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s