REQUISITOS PARA SER UM INICIADOR OU LÍDER DE COVEN

( Texto de Mavesper Cy Ceridwen e Naelyan Wyvern)
Iniciação

Iniciação

 
 
O que é necessário para alguém ser um@ Iniciador@ ou liderar um coven?

1) Conhecimento racional amplo sobre história da Arte, panteões, composição de rituais e feitiços e treinamento mágico; energia e seu comportamento, fenômenos paranormais, e técnicas e ciências afins da bruxaria, tais como oráculos, astrologia básica, cristaloterapia, radiologia e uma grande número de outras técnicas que podem ser auxiliares do trabalho do brux@.

2) Dominar técnicas de magia avançada, como criação de aliados mágicos, defesas e guerras mágicas, vivência ampla nos diversos mundos astrais, criação e destruição de seres energéticos, magia de conservação da vida, magia de contenção, transferência de consciência ( só para citar alguns poucos exemplos).

3) Profunda vivência da Deusa e do Deus em suas muitas faces, reconhecendo no seu dia a dia as lições dos Antigos.

4) Ser, há diversos anos, instrumento dos Deuses Antigos no Mundo, operando seus dons: cura, banimento, limpeza e selamento de ambientes, magia simpática, magia temporal, magia climática, magia herbária, magia de velas, magia de nós, magia de mudança de formas, magia de comunicação, magia de portais, magia de deslocamento, magia de música e dança, magia de comunicação energética, entre outras.

5) Compreensão profunda das bases do paganismo moderno, de seu desenvolvimento histórico e a história da Arte, especificamente, suas diversas vertentes e a Wicca especificamente.

6) Compreensão amplíssima dos ciclos da natureza em relação a seu corpo e fenômenos que levam à compreensão da Deusa, do Deus e de cada elemento, bem como a noção de integração ao Todo. Notem: para ser um iniciador não é preciso somente saber disso, viver isso, mas também saber como mostrar isso aos outros e facilitar-lhes a experiência que ele mesmo já teve;

7) Ter um auto-conhecimento já bastante avançado e ser uma pessoa madura, equilibrada e consciente de que iniciar e liderar outros EXIGE um dom específico de ensino, um compromisso maior de entrega e serviço ao iniciando, uma vocação específica para servir à Deusa desta maneira.

8) Saber que o trabalho de integração da sombra e a ação da Deusa Negra em sua vida é interminável e exige sempre empenho, coragem e centramento.

9) Ter consciência de que liderar um círculo ou coven não é exercer poder sobre ninguém, mas ser o mais humilde servidor de todos os que viverão o sacerdócio sob seu comando (lembrem-se: no rito de iniciação na Wicca é o iniciador que se ajoelha aos pés do que está sendo iniciado…).

10) Estar apto a resolver problemas mágicos que, não raramente, colocam em risco a vida das pessoas que compõem o grupo e seus entes queridos. Ou seja: quem não se garante e não pode garantir a segurança absoluta de um grupo todo não deve se meter a liderar nada.

11) Ser capaz de atender problemas de pessoas que busquem ajuda do coven em nome dos Antigos, por exemplo, ser capaz de conduzir um exorcismo, tornar segura uma casa assombrada ou controlar um fenômeno poltergeist…Facinho, né? Tarefas como essas chegam aos covens de verdade freqüentemente…

12) Ser capaz de compaixão profunda por seus dedicados, compreendendo suas dificuldades e acolhendo seus problemas em sua vida como se fossem dele mesmo. Iniciar alguém é formar com esse alguém um laço que perdurará por toda a vida, arrastando consigo todas as demais relações e energias do líder do coven /iniciador.

13) Estar apto a lidar com pessoas em surtos psicológicos de variados graus de intensidade, pois o processo de auto-conhecimento pode levar ao desespero e à doença mental/emocional muitas pessoas com egos mais fracos

14) Saber administrar os problema de relações pessoais e conflitos de coven, guardando o cumprimento estrito do Perfeito Amor, Perfeita Confiança e auxiliar, nessas vivências, o crescimento pessoal de cada membro do coven. Aprender a não fugir de confrontos, ouvir críticas e acolhê-las para refletir e crescer ainda mais.

15) Saber identificar pessoas-problema antes que estas detonem o grupo e arcar com o ônus de exclui-las.

16) Saber perceber claramente a mente-grupo que está sendo formada no círculo ou coven e saber identificar pessoas de energia compatível com essa mente-grupo para aceitá-las no círculo ou coven. Saber perceber quando uma pessoa absolutamente NÃO é compatível com um determinado círculo/coven.

17) Saber colocar o bem estar do grupo acima do bem estar individual de qualquer membro que não seja compatível com o grupo ou que esteja causando problemas.

18) Saber identificar as potencialidades dos diversos membros do grupo, levando-os a fazer aquilo que fazem melhor.

19) Ter uma vida ordenada em todos os seus aspectos, afinal, você será o exemplo que os membros do círculo/coven vão tentar seguir.

20) Perceber a motivação básica de cada membro para estar no grupo, ajustando os trabalhos de forma que cada um receba um pouco do que quer e de que precisa.

21) Saber dividir tarefas e delegar responsabilidades para que todos se sintam úteis e necessários. Saber cobrar, com rigor se preciso, se essas tarefas não forem executadas.

22) Saber que a liderança de um círculo/coven na Wicca não é uma democracia, mas também não é e não pode ser uma ditadura. Escreva as regras de funcionamento do círculo/coven e garanta o acesso a elas a todos os novos membros, para que eles saibam exatamente o que esperar do grupo no qual estão entrando.

23) Saber respeitar a individualidade da devoção de cada membro, a forma pela qual cada um se conecta com a Deusa e o Deus;

24) Ser absolutamente fiel à sua palavra em tudo o que diz respeito ao círculo/coven. Se os membros do círculo perceberem que sua palavra não vale nada, como poderão confiar a vida mágica deles a você?

Bom, certamente, essa lista elaborada às pressas ainda poderia conter muitas outras exigências para alguém ser líder de coven, seja ele auto-iniciado ou iniciado em uma tradição. Muitas coisas dessa lista se conquistam durante a vida e tradição alguma pode dar a alguém se esse alguém já não as tem…

O remédio para evitar ambos esses erros – quer o fundamentalismo anti-auto-iniciação, quer a auto- iniciação falsa dos apressadinhos é um só: correta informação, educação, senhores!

Assim, que os candidatos a liderarem grupos (covens ou círculos) vejam a lista acima e saibam que ela é só um exemplo rápido e – pensem: estou apto a fundar ou liderar um coven ou um círculo? Quem tem cacife que se habilite. Quem não tem, e sentir vocação para tanto, que trabalhe muitíssimo e o obtenha – seja dentro, ou seja fora das tradições.

E mais, só pra terminar de assustar os incautos mesmo: para tentar fundar uma Tradição os requisitos são ainda maiores… uma hora falamos disso.

Beijos, bênçãos de Danu, a Grande Iniciadora, 🙂

 
Anúncios

Polissemize

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s